Turismo em Foz do Iguaçu abre série Embarque Brasil da Embratur

Parque Nacional do Iguaçu é citado como exemplo de como a retomada do turismo vem ganhando força

Foto: José Fernando Ogura/AEN

O turismo de Foz do Iguaçu é o destaque na estreia do Embarque Brasil, programa da Embratur para fortalecer a divulgação e promoção dos atrativos do país. O primeiro programa, da série quinzenal, mostra as belezas e números do Parque Nacional do Iguaçu.

“Abrigando um dos maiores cartões postais do Brasil, o parque já recebeu mais de meio milhão de visitantes em 2022”, diz o apresentador Kaio Orsini. “Fascinante, encantador, extraordinário, deslumbrante, seja o adjetivo que for, o Parque Nacional do Iguaçu, é um exemplo de como a retomada do turismo vem ganhando força no Brasil”, ressalta.

Na comparação com os últimos dois anos, diz a reportagem, o número (554 mil) já é praticamente o mesmo quando somados os dois primeiros semestres de 2020 e 2021. Nos primeiros seis meses de 2022, o parque recebeu turistas de 129 países. Argentinos, paraguaios, estadunidenses, franceses e uruguaios puxam a fila de visitantes estrangeiros.

“A visitação do primeiro semestre é muito significativa, representa 61% da visitação que tivemos em 2019 no primeiro semestre, o melhor ano em termos de visitação”, disse Wemerson Augusto, da concessionária do parque. “Para este segundo semestre, esperamos uma recuperação ainda melhor e romper a fronteira de um milhão de visitantes”.

O presidente do Visit Iguassu, Felipe Gonzalez, lembrou no programa que o turismo da tríplice fronteira é considerado um destino internacional que atrai visitantes do mundo inteiro. “Principalmente depois que as Cataratas do Iguaçu foram consagradas como uma das sete maravilhas da natureza”.

“Só perdemos para as capitais. Se fossemos uma capital, talvez tivéssemos uma afluência maior dado a infraestrutura, a logística de qualidade que tem, os espaços para os eventos e também pela participação permanente do destino em feiras na busca eventos”, destacou.

Esforço conjunto

A produção do Embarque Brasil lembra que os números apresentados são indicadores de que os esforços de autoridades e instituições ligadas ao setor por todo Brasil têm valido a pena. “Ainda mais após dois anos marcados por dificuldades em razão da pandemia”, ressaltou.

O presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens do Paraná, João Alceu Rigon, ressalta que Foz do Iguaçu tem como proposta “chegar a quatro milhões de turistas ao ano até 2030”.

Ainda de acordo com a reportagem, soma-se a recuperação o fato do Brasil ter recebido em 2022, mais de um milhão de estrangeiros com vistos de turistas, praticamente o dobro registrado o ano inteiro em 2021. “O que já pode ter gerado aproximadamente US$ 1 bilhão para a economia brasileira”.

Ícone nacional

As Cataratas do Iguaçu, afirma o presidente da Embratur, Silvio Nascimento, são um dos cartões postais do Brasil quando se trata da promoção do turismo para os estrangeiros. “Faltam palavras para descrever a beleza da região, o parque em Foz do Iguaçu também é um exemplo de modelo de concessão bem sucedida a administração privada”.

A reportagem destaca ainda que a Embratur segue promovendo e divulgando as belezas do país no exterior e as Cataratas do Iguaçu estão sempre presentes nas ações da agência em todo mundo.

“Sem dúvida, a Embratur é a bandeira brasileira no exterior e onde ela está, está levando produtos turísticos do Brasil para intercambiar com o mercado internacional”, completou Felipe Gonzalez.

O Embarque Brasil vai ao ar quinzenalmente e fica disponível nas redes sociais da Embratur.

Abaixo o link do programa no Youtube:
https://www.youtube.com/watch?v=9Q-CmQ8hJMw

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *