Agilidade na liberação de alvarás movimenta mais de R$ 600 milhões no primeiro semestre de 2022

Trabalho feito pela Secretaria de Planejamento e Captação de Recursos possibilita que documentação seja emitida entre 5 a 15 dias

O setor de construção civil de Foz do Iguaçu segue em pleno crescimento. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Planejamento e Captação de Recursos, somente nos primeiros seis meses de 2022 foram mais de 1.200 alvarás liberados para a construção de empreendimentos residenciais e comerciais – permitindo que R$ 630 milhões em investimentos circulassem na economia da cidade.

Segundo o prefeito Chico Brasileiro, garantir uma liberação ágil é uma das missões da atual gestão para potencializar o desenvolvimento de Foz e trazer impactos positivos para a população.

“A cada liberação uma nova porta para o futuro se abre. Essas obras geram emprego, renda para os moradores e avanços para cada região da cidade, que só tem a ganhar com novos espaços planejados de forma ordeira, pensando no futuro. Desde o início da gestão, estamos trabalhando em avanços como esses e seguimos buscando mais eficiência”, ressaltou.

Conforme explica o secretário da pasta, Leandro Costa, a reestruturação do setor para o uso dos processos digitais possibilitou uma aprovação mais ágil dos projetos enviados. Segundo Costa, a análise leva até 5 dias para comércios e até 15 para residências.

Todo o processo pode ser facilmente feito pelo Portal da Construção, lançado no início de 2021. Já no primeiro ano, foram mais de três mil alvarás liberados e R$ 920 milhões injetados na cidade.

A ferramenta pode ser acessada por meio do site da Prefeitura de Foz, na aba de “Autoatendimento” (https://bit.ly/3Ip0Kta). O usuário encontrará todas as instruções necessárias e o passo a passo para o envio da documentação exigida.

“Não é preciso mais ir até o protocolo e ser atendido no horário comercial. Com a internet, é possível mandar os documentos em qualquer horário ou dia da semana. Nossos analistas avaliam a documentação e, estando tudo dentro do formato exigido, é possível que sejafeita a liberação do alvará”, explicou Leandro.

Dúvidas e documentação

O secretário ainda reforça que é muito importante verificar com atenção cada documento anexado para que não haja erro ao enviar. “A agilidade depende muito desse processo. Caso demore mais do que o período estipulado, é importante que o profissional responsável verifique novamente os encaminhamentos e veja a devolutiva”, completou.

A secretaria mantém também um canal de atendimento com os profissionais responsáveis pelas obras e proprietários. Todas as terças e quintas-feiras os técnicos da pasta abrem as portas para avaliar cada projeto e explicar detalhes sobre a execução e impacto de cada obra. Para agendar um horário, basta ligar para o telefone: 3308-2100.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *