Obras da duplicação da Rodovia das Cataratas começam nesta semana

Previsão é que a obra que envolve um trecho de 8,7 quilômetros seja entregue em 18 meses

O secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Fernando Furiatti, confirmou nesta segunda-feira, 11, que as primeiras máquinas do Consórcio Dalba/Bandeirantes para a duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469) estarão nesta semana em Foz do Iguaçu para instalar o canteiro de obras na avenida. O contrato no valor de R$ 129,6 milhões para execução dos serviços já foi assinado pelo DER-PR e a obra deve ser entregue em 18 meses.

Esta é a quarta grande obra de infraestrutura em Foz custeada, na sua maior parte, pela Itaipu Binacional. Na lista estão a construção da segunda ponte sobre o Rio Paraná, a pavimentação da Avenida Perimetral Leste e a reforma e ampliação do Aeroporto Internacional Cataratas. A Itaipu estima em R$ 1,2 bilhão em investimentos neste conjunto de obras.

“Foz do Iguaçu é um canteiro de obras e espero que até o primeiro semestre de 2024 estejamos com todas as obras concluídas e entregues para a população. Com essas obras, teremos um novo traçado urbano, um novo plano de expansão, novos atrativos como a segunda ponte, e novas oportunidades de investimentos e serviços com a ligação entre o Porto Meira e a cidade paraguaia de Presidente Franco”, analisa o prefeito Chico Brasileiro.

União de esforços

Esse novo momento da cidade, segundo o prefeito, está consolidado pela parceria dos governos municipal, estadual e federal e a participação da Itaipu. “Temos que agradecer o apoio e o empenho de todos, governos estadual e federal, e especialmente da Itaipu que nos ajudou em muito na transformação de Foz do Iguaçu”, completa.

O consórcio ainda não divulgou o plano de ataque da obra e as possíveis intervenções no trânsito e no tráfego da avenida. Os serviços da duplicação do trecho de 8,7 quilômetros devem iniciar logo após o trevo Carimã (acesso para a Ponte Tancredo Neves) e seguindo até o portal de entrada do Parque Nacional Iguaçu.

Também serão implantadas vias marginais, passeios, ciclovia, uma nova ponte sobre o Rio Tamanduá, passa-faunas, iluminação com LED e quatro viadutos, incluindo um de acesso ao Aeroporto Internacional.

Está prevista ainda a restauração e conservação do pavimento da BR-469 durante a execução da obra, que terá prazo de 18 meses, uma vez concluída a licitação e assinado o contrato.

Iluminação

Outro contrato assinado é com Quantum Engenharia dos serviços da nova iluminação viária da BR-277, em trechos de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu. Também com recursos da Itaipu Binacional, a obra de R$ 8,8 milhões tem prazo de execução de 18 meses.

Serão instalados 286 conjuntos de postes simples de nove metros de altura e 370 de postes duplos de nove metros de altura. A obra terá ainda a instalação de 29 conjuntos de postes simples de nove metros de altura fixados em barreira de concreto nos locais sem canteiro central.

Os três conjuntos utilizarão luminárias LED de 250 W, que também substituirão 229 luminárias do tipo LM-3, atualmente em uso na rodovia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *