Alunos da rede municipal de ensino de Foz do Iguaçu assistem a espetáculo sobre educação financeira

Peça teatral online foi exibida ontem (28) no auditório da Acifi para mais de 260 alunos da Escola Parigot de Souza e do Cmei Ramona Dotto

Mais de 260 alunos da Escola Municipal Parigot de Souza e do Centro Municipal de Educação Infantil Ramona Dotto assistiram na terça-feira (28) ao espetáculo online “João e o Porquinho Mágico”, apresentado pela Associação Sou Arte (ASA), de Campo Mourão. A peça teatral, exibida no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (Acifi), integra o projeto de Educação Financeira desenvolvido pelo Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura em parceria com o SICOOB.

Os alunos das demais escolas da rede municipal de ensino acompanharam a peça nas próprias unidades, que contam com projetores e aparelhos de TV. O objetivo da peça é orientar as crianças sobre o melhor comportamento no que diz respeito a finanças pessoais, despertando o interesse deles em aplicar os conhecimentos adquiridos e a desenvolver novos comportamentos sobre a melhor utilização das finanças no dia a dia.

Contexto

Com olhos atentos, as crianças acompanharam a história, que se passa no Sítio da Fartura, onde vive o menino João e seus pais agricultores, que produzem frutas e verduras. Apesar da dura labuta diária, os pais já não sabem o que fazer para conseguir pagar as contas e pensam até em vender parte da propriedade.

Tudo começa a mudar com uma visita de um agente da cooperativa de crédito à escola frequentada por João para ministrar uma aula sobre educação financeira. Ao final da aula, João e seus colegas ganham um cofrinho e uma cartilha com orientações de como organizar a vida financeira. A partir daí, o menino – junto com o galo Gesonel e o porquinho mágico – passam a ajudar os pais na tarefa de manter a propriedade e sanar as dívidas do Sítio Fartura.

O espetáculo teve a duração de 40 minutos, envolvendo elementos do circo, teatro e dança. “A oportunidade de conhecerem um espaço diferente foi muito empolgante para as crianças. Os próprios funcionários da Acifi ficaram animados com o clima, que contagiou o prédio. Tivemos também a visita de um integrante do Visit Iguassu fantasiado de quati, que animou os alunos”, contou Rafaela Costa Braga Ducato, coordenadora pedagógica do Setor de Projetos/Parcerias e Eventos da Secretaria da Educação de Foz do Iguaçu.

A peça foi exibida em 13 cidades polos do Paraná e também em uma cidade do Pará.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *