Campeonato Mundial Escolar de Voleibol movimenta mais de R$ 2 milhões na economia do município

Competição vai até domingo (26), com organização de sucesso para receber todas as delegações

Do planejamento à execução, a realização do Campeonato Mundial Escolar de Voleibol impulsionou a economia de Foz do Iguaçu. Somente entre hospedagem, aquisição de materiais e contratação de pessoal, estima-se que mais de R$ 2 milhões tenham sido movimentados para a semana do evento.

Conforme conta o presidente da Federação Paranaense do Desporto Escolar (FDEPR), Jackson Almeida, há também o giro extra na economia local, que são as compras e outros gastos dos participantes na cidade.

“Esse atletas e outros membros da delegação estão indos aos shoppings, farmácias, mercados e lojas. São quase mil pessoas circulando na cidade durante essa semana, o que é muito positivo e nos faz perceber que escolhemos o local certo para abrigar o evento”, afirmou Almeida.

De acordo com Anabel Gruber, diretora geral do Bourbon Cataratas do Iguaçu Termas Eco Resort, que está recebendo jogos e hospedando todos os participantes, está sendo uma semana de grandes transformações a alegrias.

“Estamos muito felizes com a oportunidade de fazer parte deste momento histórico para nossa cidade e também do nosso país. Está sendo um momento muito especial para nós, mesmo com a nossa experiência em receber todos os tipos de eventos. Nossos espaços foram totalmente transformados. Temos uma quadra com arquibancadas, áreas de jogos, espaços de lazer e entretenimento cultural para os atletas, além de uma grande área gastronômica, onde servimos as refeições para mais de 600 pessoas que fazem parte deste evento”, contou.

Parcerias para o sucesso

O sucesso do Mundial passa diretamente pelas parcerias firmadas para a organização do evento. Além do comitê responsável, centenas de voluntários atendem às delegações de 14 países que estão na fronteira.

A organização do evento é da Federação Internacional Desporto Escolar, Confederação Brasileira, Federação Paranaense e Governo do Estado, com um importante apoio da Prefeitura de Foz, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer.

O município cedeu equipes para staff, realizou a intermediação com guias turísticos bilíngues, fornece atendimento médico com viaturas do SAMU, além de outros apoios envolvendo diversas secretarias.

“Com tanta gente competente e disposta a transformar o evento em um sucesso, não teria como o resultado ser diferente. Foz é uma cidade naturalmente preparada para receber pessoas de todos os países e o que estamos vendo demonstra isso”, ressaltou o prefeito Chico Brasileiro.

“O sucesso deste campeonato é a garantia de que outros importantes eventos esportivos virão para Foz. E nós estamos preparados para recebê-los”, destacou o secretário municipal de Esporte e Lazer, Antonio Sapia.

“Durante o Campeonato Brasileiro nós já vimos que poderíamos contar com todo esse grupo de trabalho, tanto das instituições privadas quanto públicas. O teste foi muito bom e no Mundial tudo está acontecendo de forma ainda melhor. Organizar um evento como esse seria impossível sem essa sincronia”, completou o presidente da FDEPR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *