CENTRO DE CONVENÇÕES: projeto prevê modernização

O objetivo da contratação é o desenvolvimento de um projeto de requalificação, modernização, obras e serviços, administração e operação do Centro de Convenções

O grupo de trabalho que envolve a Secretaria Municipal de Turismo e Projetos Estratégicos, o Centro de Convenções de Foz do Iguaçu (Ceconfi) e a Itaipu Binacional finalizou nesta semana o termo de referência para elaboração de estudos para melhor uso e aproveitamento econômico do Ceconfi.

Segundo o diretor-presidente do Ceconfi, “a partir dessa parceria com a Itaipu, o Fundo Iguaçu e com a Prefeitura Municipal, com a atuação do secretário Paulo Angeli, temos essa oportunidade única para usarmos da melhor forma aquele equipamento urbano, atualmente pouco aproveitado”.

“Com os investimentos que têm sido feitos lá, os negócios, o contrato do Museu Aeronáutico, a terceirização do estacionamento e eventos que realizamos e que ainda iremos realizar este ano, teremos mais visibilidade e, consequentemente, atrairemos mais interessados em investir no local”, enfatizou Maraninchi.

De acordo com ele, o objetivo é buscar no mercado uma empresa especializada na realização de estudos técnicos preliminares para um projeto licitatório de uma concessão por 30 anos. “Não queremos apenas um Centro de Convenções, mas que o empresário possa desenvolver algum atrativo turístico, hotel, serviços, eventos, loja franca ou outro empreendimento que contribua para a sustentabilidade econômica do equipamento, reduzindo custos de manutenção, com geração de riqueza e oportunidades de trabalho na nossa cidade”.

Para o secretário Paulo Angeli, “a Secretaria de Turismo tem consciência da importância do Centro de Convenções como um produto e como instrumento de captação de eventos, por isso nos colocamos à disposição da administração do Ceconfi para auxiliar no processo de contratação de estudos técnicos necessários para definir um futuro para esse equipamento tão importante para o nosso destino”.

A representante da Itaipu Binacional, Aline Teigão, destacou que “dentro do escopo do convênio entre a Itaipu e o Fundo Iguaçu, temos a oportunidade de contratar um estudo técnico atualizado do Centro de Convenções, que seja capaz de demonstrar a atratividade do equipamento, que seja bom para quem quer investir e também para a cidade”.

“É isso que buscamos com esse Termo de Referência, que será lançado para contratação de uma consultoria especializada, que possa nos trazer algumas respostas, com uma modelagem mais moderna, mais ampla e que assim possamos dar uma destinação adequada para o Centro de Convenções”, complementou Aline.

Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia.php?id=50028

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *