Audiência debaterá responsabilidade sobre alinhamento e retirada de fios em desuso em Foz

A Câmara Municipal de Foz, por meio de um requerimento do vereador Ney Patrício (PSD), está chamando uma audiência pública para debater a responsabilidade sobre o alinhamento e retirada de fios em desuso de postes do Município. Já existe uma lei municipal 4.740, de 2019, que regulamenta essa questão da fiação na cidade e prevê, inclusive, penalizações para empresas que não cumpram as determinações. O requerimento foi aprovado na sessão desta quarta-feira, 16 de março, e a data será agendada.

O vereador Ney Patrício (PSD) explicou os motivos pelos quais propôs a discussão: “A gente tem visto, inclusive, acidentes em função desses fios pelo chão. Estou propondo audiência para entendermos a quem recorrer, quem são os órgãos responsáveis, como é o contrato das exploradoras de serviço. Isso também acontece em prédios comerciais. Daqui a pouco se não tomarmos providências teremos fios para todos os lados”.

O requerimento argumenta que o debate deve ser entre as empresas permissionárias e concessionárias, de energia elétrica, telefonia, televisão por assinatura e internet. A proposição Legislativa traz, ainda, informações de que uma solução para o problema seria o enterramento da rede. Mas, devido ao alto custo financeiro dessa operação, um caminho mais imediato seria a criação de uma rede única compartilhada.

“Vamos debater para que as empresas cumpram com suas responsabilidades. Cada empresa que trabalha com internet coloca um fio e paga um aluguel para a Copel”, acrescentou o vereador Dr. Freitas (PSD).

Outro ponto abordado no debate foi o alinhamento nos postes nas avenidas da cidade. O vereador Galhardo (Republicanos) “Acho que precisamos cobrar também o alinhamento dos postes. Aqueles na Avenida Andradina estão uma vergonha, os da marginal da BR 277 também estão colocando muitos postes tortos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *