Servidoras públicas de Foz do Iguaçu celebram o Dia Internacional da Mulher

Cerca de cinquenta servidoras públicas municipais participaram na manhã de hoje (08) de um café da manhã em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. O evento, realizado no auditório da Fundação Cultural, foi organizado pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Relações com a Comunidade.

Durante o encontro, a secretária da saúde, Rosa Maria Jerônymo, e o prefeito Chico Brasileiro parabenizaram as mulheres pelo dia e agradeceram o empenho e a dedicação com o serviço público. Rosa, que é servidora há quase 30 anos, lembrou das lutas femininas ao longo da história, como o direito ao voto, conquistado há 90 anos no Brasil.

“É importante aproveitarmos essa data para refletir. Se hoje ocupamos estes espaços, é porque houve muita luta. Passamos a ter direito ao voto há 90 anos, é uma luta muito recente. Só exercemos a verdadeira cidadania quando podemos escolher e ser escolhidas, quando podemos votar em quem nos representa”, disse.

Rosa falou ainda sobre empatia e a união das mulheres para a construção de uma sociedade mais justa. “Para nós, as coisas nunca foram fáceis. Fazemos muito para ter reconhecimento, e quando assumidos cargos de chefia, nossa capacidade é questionada. Temos que ter sororidade, olhar umas as outras e entender a capacidade de cada uma”.

Chico Brasileiro destacou a atuação das mulheres no serviço público e lembrou que 50% do orçamento geral do Município é comandado por mulheres, através das pastas da Fazenda (chefiada por Salete Horst), Educação (comandada pela secretária Maria Justina) e Saúde (Rosa Maria). Além delas, outras quatro mulheres compõem a gestão a frente das pastas de Direitos Humanos e Relações com a Comunidade (Kelyn Trento), Fozhabita (Elaine Anderle), Meio Ambiente (Angela Meira) e Fozprev (Aurea Cunha).

“Em Foz, os maiores orçamentos são comandados por mulheres competentes, responsáveis e que apresentam sempre grandes resultados. São inúmeras as diretoras que compõem nossas secretarias e estamos trabalhando em um processo compartilhado”, enfatizou.

O café da manhã para as servidoras abriu a programação do mês dedicado as mulheres. Até o final de março, uma série de atividades serão desenvolvidas, como palestras e rodas de conversa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *