Coletivo de Cidadania cria o primeiro Comitê de Luta de Foz do Iguaçu

Foi oficialmente lançado nesta terça-feira (1) o primeiro Comitê Popular de Luta de Foz do Iguaçu, organizado pelo Coletivo de Cidadania e coordenado pela estudante de antropologia da Unila, Emily Rodrigues.

O Comitê, que se propõe para estar na linha de frente em defesa da democracia nas eleições presidenciais deste ano, já havia tido um pré-lançamento em novembro, num ato que aconteceu no Espaço Cultural da Pagu e contou com a presença da Deputada Federal Gleisi Hoffmann e do ex-candidato a Prefeito de Foz, Luiz Henrique, além de uma mobilização na internet, totalizando ao menos 100 adesões formais de estudantes, profissionais da educação, jovens trabalhadoras e artistas.

Funcionamento

O Comitê Popular de Luta de Foz vai oferecer atividades semanais de mobilização, comunicação e formação política e cidadania, além de encampar ações de conscientização sobre a importância de regularização do títulos eleitoral e do voto aos 16 anos. A adesão é voluntário, aberta e apartidária e pode ser feita pelo perfil no Instagram criado para o comitê: @comitefoz

A coordenação do Comitê conta ainda com os estudantes da Unila Jovana Schimidt, Victor Nakano e Luiz Henrique Dias, que foi candidato a prefeito nas eleições de 2020 e é pré-candidato a deputado estadual pelo PT.

Coletivo

O Coletivo de Cidadania foi fundado em 2020 e conta com a participação direta de jovens e profissionais liberais, estando à frente de projetos envolvendo educação, sustentabilidade, direitos humanos e cultura, além da luta pelo curso de medicina na Unioeste Foz. Para conhecer mais, também há uma conta no Instagram: ColetivoFoz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *