Prefeito encaminha projeto para contratação emergencial no transporte público

Foto: Christian Rizzi

Proposta, que prevê melhorias para os usuários, com o valor atual da tarifa, será analisada na Câmara Municipal

Ônibus modernos, menor tempo de espera e uso da tecnologia para garantir maior qualidade para os usuários. Isso tudo sem aumento da tarifa. É o que prevê o novo modelo de transporte público de Foz do Iguaçu. O prefeito Chico Brasileiro encaminhou, nesta quinta, 03, à Câmara Municipal o projeto para contratação emergencial da nova empresa que vai operar o sistema.

Antes de encaminhar a proposta, o prefeito se reuniu com a Comissão de Transporte da Câmara Municipal, formada pelos vereadores Anice Gazzaoui, Jairo Cardoso e Edivaldo Alcantara. O presidente da Casa de Leis, Ney Patrício, também acompanhou a reunião.

Participaram também o presidente do Conselho Municipal de Transporte e Trânsito, Fernando Martin, o secretário da Transparência e Governança, José Elias Castro Gomes, e técnicos do Foztrans.

“Vamos substituir o atual serviço, que já há algum tempo vem prejudicando e muito principalmente o cidadão iguaçuense. Foz do Iguaçu escreve um novo capítulo na história do transporte público”, destacou Chico Brasileiro.

O presidente da Câmara Municipal, Ney Patrício, afirmou que a prefeitura vai solucionar um gargalo da última década na cidade. “A população não aguenta mais esse serviço de baixa qualidade. Essa contratação emergencial renova a esperança dos usuários em um transporte público digno”, disse.

Como vai funcionar

A remuneração da empresa ou do consórcio vencedor será feita por quilômetro rodado, seguindo valores de mercado utilizados em outros municípios, iniciando com uma média de 388 mil quilômetros/mês, e podendo atingir uma média de 500 mil quilômetros/mês no decorrer do contrato.

“A proposta do quilômetro rodado foi levada ao prefeito, ainda no ano passado, pela Comissão de Transporte, após realizarmos uma visita, ao lado do presidente da Câmara, Ney Patrício, a outros municípios paranaenses”, observou o vereador Edivaldo Alcantara.

Mesma tarifa, maior qualidade

O prefeito Chico Brasileirou explicou aos vereadores que o compromisso é garantir um serviço de qualidade para os moradores e turistas e, claro, ao mesmo tempo, não agregar nenhum custo a mais para os cidadãos.

Os ônibus devem ser do modelo “Padron”, com idade média de seis anos, equipados com GPS para controle, ar condicionado, wi-fi e entradas USB para carga de dispositivos móveis.

A população poderá consultar os horários e saber onde estão os ônibus por meio dos GPS instalados nos veículos. O uso da tecnologia vai permitir um redimensionamento das rotas, de acordo com a necessidade dos usuários. O Foztrans fará a fiscalização do serviço.

“Nós do Conselho estamos acompanhando de perto, como representantes da população, todas as etapas dessa mudança no transporte coletivo urbano, objetivando que o serviço atenda os anseios dos usuários, que há muito já vinham sofrendo com problemas como a superlotação dos ônibus. Seguiremos atentos a essa contratação emergencial, bem como à nova licitação que será feita”, destaca o presidente do Conselho Municipal de Trânsito e Transporte, Fernando Martin.

Compromisso com os trabalhadores

O secretário da Transparência e Governança, José Elias Castro Gomes, destacou a preocupação da prefeitura com os trabalhadores do transporte coletivo. “Trabalhamos muito para atender o interesse dos trabalhadores, para que possam ter a correção do dissídio – que há mais de dois anos não é feita -, a partir da contratação desta nova empresa, bem como pagamento em dia das cestas básicas”, exemplificou.

“Nesta nova contratação, existe um compromisso da prefeitura com os funcionários, para que estes valores sejam considerados. Também será dada preferência à contratação dos trabalhadores que atuam atualmente no transporte”, complementou Gomes.

Transparência

O andamento da operação do transporte coletivo será apresentado mensalmente à Câmara Municipal, juntamente com relatório da prestação dos serviços e valores, para dar transparência ao contrato.

O início da operação deverá ocorrer, impreterivelmente, em 20 de fevereiro de 2022 (domingo). A empresa vencedora será contratada por um prazo máximo de doze meses até a realização de uma licitação definitiva.

O termo de referência está disponível no link: https://bit.ly/TransporteColetivoFoz.

Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia.php?id=49617

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *