Prefeitura libera funcionamento das atividades até 21h no final de semana

Decreto que será publicado nesta quarta-feira (16) irá manter toque de recolher das 22h às 5h

No próximo sábado e domingo (19 e 20), as atividades comerciais poderão funcionar até 21h em Foz do Iguaçu. Já as atividades gastronômicas podem atender os clientes até 22h, mediante agendamento prévio. A restrição da circulação de pessoas será das 22h às 5h.

A decisão pela abertura das atividades comerciais foi tomada em reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, nesta quarta-feira (16), e será oficializada por decreto publicado no Diário Oficial do município.

Todas as atividades comerciais, como mercados, panificadoras e shopping centers, poderão funcionar no sábado e no domingo até as 21h, com limitação de 50% da capacidade de público. As atividades gastronômicas também devem respeitar a limitação de 50% da capacidade e os clientes deverão fazer agendamento.

“A intenção é que não sejam formadas filas nos restaurantes e demais estabelecimentos de gastronomia. Se a fiscalização identificar filas, esses locais serão autuados”, afirmou a secretária municipal de Fazenda, Salete Horst.

“Precisamos da colaboração de toda a população para que possamos manter as atividades abertas e flexibilizar cada vez mais. Pedimos que sejam respeitadas as restrições atuais e que sejam mantidos todos os cuidados para evitar a transmissão do vírus”, complementou Salete.

Cenário epidemiológico

O comitê se baseia no cenário epidemiológico em relação à covid-19, que demonstra uma estabilidade no número de casos – no entanto, esse número ainda é elevado. Nesta quarta-feira (16), foram registrados 108 novos casos da doença e a média móvel de casos confirmados está em 114,29.

O Hospital Municipal Padre Germano Lauck, referência no atendimento à covid-19, segue com a ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em 100%.

Denúncias

As denúncias de descumprimento das medidas restritivas em vigor e de aglomerações podem ser feitas pelos telefones 156 e 199 e no aplicativo 156 Foz. Pelo app, é possível enviar imagens, para que os responsáveis sejam notificados mesmo que a fiscalização não chegue a tempo do flagrante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *